Ser quadro do ADI, uma oportunidade!

“Há oportunidades para todos no ADI. Uma oportunidade vasta, tanto para quem milita no ADI como os que já militaram no ADI porque acreditam na visão de construção do país” garantiu Patrice Trovoada, Presidente do Partido Acção Democrática Independente na reunião com do ADI com os quadros da Administração do Estado no passado dia 9 de Abril, no Hotel Praia.

Para Patrice Trovoada, o ADI é um partido que tem como a base de sustentabilidade os pequenos, “o povo pequeno”. Desde de 2006 os pequenos forma de uma maneira exponencial manifestando a sua confiança no ADI: em 2006 o povo elegeu 11 deputados, em 2010 26 deputados e 33 deputados em 2014. Este último resultado expressa uma confiança da maioria dos sãotomenses que são os pobres.
Assim, a missão do ADI é atacar os problemas dos pobres.

O ADI vai-se crescendo sobre a tónica da mudança, dos que querem mudar São Tomé e Príncipe, que partilham o espírito da mudança, de pessoas que se sentiram excluídas e que não tinha oportunidades, de pessoas que procuram novos espaços de participação política.
ADI não pode reproduzir os mesmos modelos dos outros e sentar-se no que existe, mas abrir-se e inovar, comunicar e partilhar. Neste sentido, segundo Patrice Trovoada, a nível dos quadros há espaço para intervenção e progressão dentro do ADI. No âmbito do sistema dinâmico de governação do ADI há lugar para todos.  Há lugar mesmo para o incompetente, desde que restabeleça a sua incompetência com o engajamento político e não trave a competência. Por conseguinte, o quadro do ADI deve ver o seu posicionamento estratégico para além das necessidades pessoais e na perspectiva de transformação de São Tomé e Príncipe.

Patrice Trovoada disse ainda que “não somos os melhores, mas devemos abrirmos-nos a todos e acolher todas as pessoas para a prossecução dos nossos objectivos.  Não se trata de encobrir coisas que não fazem sentido, porque seria pôr em causa a missão que nos foi confiada num mandado expresso com maioria absoluta”.

Para o Presidente do Partido, ADI é também uma oportunidade para a nação. São Tomé e Príncipe é um país jovem. A esperança da população deve ser canalizada na congregação dos esforços para construir a nação.

Portanto, seja quadro do ADI e participe connosco na construção de São Tomé e Príncipe.

Comentários

    Sem comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios.