O Partido Acção Democrática Independente (ADI) realizou neste sábado, dia 28 de Maio, o Congresso Extraordinário sob a presidência do Dr. Patrice Trovoada e contou com a participação dos militantes de todos os Distritos e da Região Autónoma do Príncipe e diversas pessoas convidadas.
Este Congresso constitui um marco inovador na história do ADI e na política São-tomense.
De facto, a alteração de alguns artigos dos estatutos vai permitir maior abertura, mais participação e mais oportunidades aos militantes crescerem dentro do Partido e ser uma organização política muito mais democrática e inovadora:

  • a partir de agora o mandato dos órgãos electivos do Partido é de três anos, apenas renovável sucessivamente por três períodos iguais;
  • pelo menos um terço (1/3) de todos os mandatos electivos devem ser preenchidos por militantes de sexo feminino;
  • em caso de duas derrotas sucessivas em pleitos eleitorais nacionais traduzidos em perda de mandatos ou de votos globais, a direcção do Partido demitir-se-á e será convocado um Congresso Extraordinário Electivo.